Setor de alimentos detecta mais demanda por produtos saudáveis ​​e sustentáveis

O setor de alimentos detecta a existência de uma “demanda crescente” por produtos saudáveis ​​e sustentáveis, o que obriga fabricantes e redes de supermercados a adaptarem suas estratégias.

Esta é a principal conclusão de um estudo divulgado esta segunda-feira pelos empregadores do setor de consumo de massa Aecoc e que analisa como responder a estas mudanças no comportamento do consumidor "a partir da inovação".

Hábitos mais saudáveis

Sob o título “Saúde e sustentabilidade marcam a dieta do futuro”, o relatório lembra como a redução de açúcares, sal e gorduras é uma tendência a seguir em muitas categorias, às quais outras como o surgimento de alternativas vegetais à carne e específicas produtos para veganos.

Saúde e Conscientização

Todas as redes de supermercados “buscam se diferenciar e se posicionar como marcas de referência nesses segmentos”, disse em comunicado Pablo de la Rica, gerente da área de Conhecimento do Varejo da Aecoc.

Aliás, a aposta é tal que mesmo a maior parte das distribuidoras que operam em Espanha já seguem esta mesma linha também com as suas marcas próprias.

De la Rica destacou que o conceito de "saúde" está cada vez mais ligado "ao prazer, à comodidade e ao conforto", o que faz parte de uma busca por "indulgência saudável" por parte dos clientes.

De acordo com suas pesquisas, Oito em cada dez consumidores gastam mais com alimentação saudável e no último ano - marcado pela pandemia - o percentual de clientes cuja principal preocupação com a alimentação é a saúde passou de 10% para 19%.

Em termos de sustentabilidade, os responsáveis ​​pela Aecoc relacionam este fator ao conceito de transparência para saber a origem e o percurso de todos os ingredientes incluídos em cada produto.

Meio Ambiente e Sustentabilidade

Nesse sentido, previram que no futuro haverá "mais rótulos relacionados ao impacto ambiental", à imagem e semelhança do que já acontece com os valores nutricionais.

A redução do uso de plásticos por meio do redesenho de embalagens e o combate ao desperdício de alimentos são outras tendências importantes nessa área, segundo suas análises.

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Os cultivadores de mirtilo da Flórida estão cautelosamente se ...

Os portos de Los Angeles e Long Beach atingem incríveis 70 po ...

Cítricos e mirtilos peruanos agora podem ser exportados para a Índia