Lima foi pintada de azul ...

Nem mesmo o mais otimista dos prognósticos poderia ter sido o sucesso de Lima do Segundo Seminário Internacional de Blueberries, organizado pela Blueberries Consulting e pela AGQ International em junho passado 18.

Dezenas de expositores adornaram com seus estandes os corredores e terraços ao ar livre do JW Marriott, e mais de 300 lotaram a sala de conferências do hotel Lima, no bairro de Miraflores.

Especialistas internacionais, consultores e produtores do Chile e do Peru conversaram com a fraternidade sobre suas experiências no cultivo de mirtilos e as projeções comerciais para o produto no futuro imediato. Peruanos e chilenos compartilharam com relatores estrangeiros que forneceram conhecimento de alta qualidade para a nascente indústria de mirtilo no Peru.

Houve muitas apresentações destacadas pelos participantes, que também foram impactadas pelo alto nível de organização e pela qualidade dos dados técnicos entregues pelos especialistas.

Foi possível observar dezenas de grupos de conversação em que representantes do governo, organizações internacionais, empresas de serviços, produtores locais e consultores participaram das vantagens comparativas oferecidas pelo Peru para o cultivo de cranberry.

Como uma informação diversa, deve-se notar que quase ninguém saiu antes do final do Seminário, embora em paralelo a partida de futebol da seleção do Peru com a Venezuela foi disputada para a Copa América.

É por isso que mesmo o mais otimista dos prognósticos não poderia ter sido o sucesso de Lima do Segundo Seminário Internacional de Blueberries, organizado pela Blueberries Consulting e pela AGQ International em junho passado 18.

 

Fonte: Martín Carrillo Ortiz

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Sucesso do Seminário Internacional de Blueberries of Lima

Peru: "O mirtilo tem uma grande janela de oportunidade para entrar na China"

«A indústria do mirtilo no Peru está confirmada e agora procuram um ...