A apicultura contribui para o desenvolvimento sustentado da agricultura, pois permite mais e melhores colheitas e a proteção do meio ambiente.

A população de colmeias no Peru ultrapassaria 300.000. Essa atividade envolve mais de 40 mil pequenos produtores apícolas.

A apicultura é uma atividade económica que desempenha um papel decisivo na agricultura, pois contribui para o desenvolvimento sustentado desta atividade e para a obtenção de mais e melhores colheitas, bem como para a proteção do meio ambiente. Além disso, por meio da polinização, contribui para a produção de frutos silvestres que são utilizados pelas comunidades rurais.

Foi o que indicou a Direcção-Geral de Desenvolvimento Agrário e Agroecologia (DGDAA) do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Irrigação (Midagri), que sublinhou que graças à polinização foi possível melhorar e aumentar a produção de muitas árvores frutíferas como o abacate , mirtilos, etc. o que tem favorecido o aumento das exportações e, portanto, melhorado a economia dos pequenos produtores que se dedicam a esta atividade.

“A apicultura no Peru, na maioria dos casos, por ser uma atividade complementar à principal atividade agrícola, é uma fonte secundária de renda para as famílias rurais”, afirmou.

Ele acrescentou que a apicultura é reconhecida e muito apreciada, principalmente pela produção de mel, mas também oferece diversos produtos derivados da colméia como pólen, cera, geléia real, própolis, entre outros.

A DGDAA destacou que o Plano Nacional de Desenvolvimento da Apicultura (PNDA) 2015-2025, aprovado pela Resolução Ministerial n.º 0125-2015-Minagri em março de 2015, tem como missão promover uma apicultura competitiva e sustentável. Nesse sentido, ele destacou que a Resolução Ministerial nº 0333-2017-Minagri, publicada em 21 de agosto de 2017, cria o Grupo de Trabalho denominado “Mesa Nacional da Apicultura” encarregado de acompanhar e acompanhar a execução do Plano Nacional de Desenvolvimento da Apicultura 2015 - 2025.

O Dia do Apicultor Peruano está chegando

Em 1994 a Lei que Declara a Apicultura e a Atividade Agroindustrial dos Produtos Apícolas de Interesse Nacional (Lei nº 26305), justamente por sua grande importância econômica, social e ecológica. Na Resolução Ministerial nº 0143-95-AG, de 23 de março de 1995, que regulamenta a Lei nº 26305, em seu artigo 21 resolve-se instituir no dia 23 de setembro o Dia do Apicultor Peruano e no dia 13 de maio de cada ano o Nacional O Dia da Apicultura será comemorado.

O Ministério do Desenvolvimento Agrário e Irrigação (Midagri) por meio da Direção-Geral de Desenvolvimento Agrário e Agroecologia (DGDAA) em conjunto com a Confederação Peruana de Apicultores (Copeapi), realizará nesta quinta-feira, 23 de setembro, às 10h00. uma cerimônia virtual, com o objetivo de reconhecer e destacar o “Dia do Apicultor Peruano”.

O evento contará com a participação de autoridades, profissionais e especialistas em apicultura, tanto de Midagri quanto de Copeapi. Entre os temas a serem abordados estão: A Política Agrária Nacional 2021-2030 e o Plano Nacional de Desenvolvimento da Apicultura. Além disso, o Manejo de Colmeias para prevenir e controlar a presença de pragas e doenças. Da mesma forma, sobre o Manejo Integrado das principais doenças que afetam os apiários.

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

O FMI espera que as interrupções na cadeia de suprimentos global sejam...

Carga aérea desfruta de um 'ano estelar'

"Os consumidores dos EUA sentem o efeito dos atrasos e da alta...